Chouriço

Chouriço is a spicy portuguese smoked sausage, made with pork meat, pork fat, wine, paprika and salt, stuffed into tripe (natural or artificial) and slowly dried over smoke. It can be served as part of a meal or used as a dildo.

quinta-feira, dezembro 29, 2011

Santíssimo redentor

Damaia: o único sítio do Mundo onde os cães vêem a preto e branco, os brancos cheiram a cão e a preto e os pretos tratam os brancos como cães.

Cobertor de papa

O frio é psicológico.

O teu calor é físico e bem real.

Filiações

"Fácil de fazer". "Três minutos e já está".

Os slogans da comida pré-feita para microondas bem que podiam ser os slogans do meu comportamento sexual.

Mastigar e engolir

"Você realmente vê sexo em tudo," disse-me o homem do Chimarrão que auscultava a conversa que eu tinha com o meu chefe, e enquanto punha duas maminhas na grelha.

O filme político para quem não gosta de politiquices

Invólucros

Para te envolver ainda mais, só mesmo se os meus abraços fossem feitos de celofane.

Trespasses

Marisa Tomei: a gaja mais pretérito perfeita que eu conheço.

quarta-feira, dezembro 28, 2011

Paradas

Se isto é percorrer a estrada da vida, então eu devo estar neste momento encostado numa operação STOP.

Opérculos

Tentei fazer as pazes com o meu pai e dei-lhe uma palmada nas costas.

Resultado: uma urna partida e cinza espalhada por metade da carpete da sala da minha mãe.

Prússia

Sempre que a Gestapo combinava cenas, o Hitler alinhava sempre. Infelizmente, era judeus contra uma parede.

Grandes Encontros Marvel


Nas bancas a 7 de Janeiro.

terça-feira, dezembro 27, 2011

Fusões

Melhor que Nood, só mesmo Nood com uma lingerie sexy à volta da fachada do restaurante.

Sam

"Legend I Am".

O nome do filme se o Yoda se tivesse antecipado ao Will Smith na chegada ao casting.

Materialismos

É apenas lógico que uma mulher se sinta como um objecto quando é possuída à bruta.

Duas razões para ver "Community"

Lhanezas

Maneiras à mesa?

As minhas resumem-se a não arrotar directamente na cara das outras pessoas enquanto estou a falar com elas e a cuspir os ossos do entrecosto para o meu - e apenas o meu - prato.

Direitos de opção

Tenho de escolher: deixar de ver quem amo por causa da presença insuportável de alguém que odeio ou suportar a presença de alguém que odeio para bem da felicidade de quem amo.

Acho que vou optar pela que me faz ficar em casa a jogar Uncharted 3.

Mnemotécnica

Esqueço-me facilmente de quem me quer bem.

Já o meu rancor, tem memória de elefante.

segunda-feira, dezembro 26, 2011

Duas razões para ver "Community"

A longevidade de um jogo

Não percebia o sexo apenas para efeitos de procriação até ter comprado a PS3.

Segregos

Sempre que falo no meu pai, é apenas adequado que fique no ar um silêncio de morte.

Valor calórico

Sempre que me chamas, incendeias-me.

Títulos

Carta de amor alguma te dirá mais do que um momento de silêncio teu fixo nos meus olhos.

Selecções naturais

As conclusões finais do trabalho de Darwin teriam sido bem diferentes se ele vivesse na minha praceta.

The descent of Man

Estou a um desgosto amoroso de tornar o meu coração um orgão vestigial.

Folhados

Um dos meus maiores sonhos é um dia armar confusão com um jesuíta para lhe poder dizer "Gajos como tu como eu ao pequeno-almoço".

Literacias

O verdadeiro pseudo-escritor é aquele que come um mil-folhas e a seguir faz-lhe uma crítica literária.

Sopros

Vou experimentar asfixia auto-erótica.

Para ver se deixo de ter ar de rebarbado.

Astronómica forma de ser

Equilíbrio cósmico: eu invado o espaço dos outros, e eles agem como se fosse uma cena de outro mundo.

Ressonâncias

Só sou assim-assim quando a sala faz eco.

Drake's deception is my deception

É nos momentos difíceis que os grandes homens se agigantam e que eu fico de cu chapado no sofá a jogar Uncharted 3.

sexta-feira, dezembro 23, 2011

Linguagens de sedução

Consigo ler os sinais corporais da nova directora de marketing.

E o que ela tem por cima do lábio diz "cancro".

quinta-feira, dezembro 22, 2011

Natividades

Para mim, boas festas são aquelas que te faço quando me adormeces com a cabeça no colo.

A subjectividade de uma distância

Cinquenta e sete curvas, dezanove semáforos, oito rotundas e uma portagem.
Acabei de contar e enumerar todos os obstáculos rodoviários que me separam de ti no final de cada dia de trabalho.

Há quem lhe chame "demasiado tempo passado na casa-de-banho".
Tu provavelmente chamas-lhe "psicose".
Eu chamo-lhe "saudades tuas".

Pragmatismo geométrico

Pergunto-me porque raio é que fazem os guardanapos em quadrados se as pessoas acabam sempre por dobrá-los em triângulos.

quarta-feira, dezembro 21, 2011

Tridimensionalidades

Há quem viva num triângulo amoroso.

Eu cá sinto-me como o vértice de um cone.

Dissoluções

Tornei-me numa pessoa mais amarga desde que comecei a pôr apenas meio pacote de açúcar no café.

Single player

Se a vida é realmente um jogo, então eu já falhei, pois sei que, por mais que tente, nunca hei-de ultrapassar o meu boss.

terça-feira, dezembro 20, 2011

Obstipações

Comer banana faz bem à prisão de ventre.

No caso da prisão normal, faz apenas doer o cu.

When push comes to shove

Sinto-me como uma grávida a cair das escadas abaixo de cada vez que a sobriedade do meu local de trabalho mata a criança que há em mim.

segunda-feira, dezembro 19, 2011

O alcoolismo é hereditário e dá trabalho a levar para a reciclagem

"Acabei de meter na reciclagem 2 garrafas de vinho, 1 de rum, 1 de porto... e 57 minis. Bêbados do caralho!"

Remetente: Nuno
Enviada: 13:14:16, 18/12/2011

quinta-feira, dezembro 15, 2011

Getting high heels

O Sergey Bubka é um gajo que eu consigo associar a saltos altos e isso ser másculo e viril.

O mesmo não posso dizer do Joaquim Monchique.

Limitações à insignificância




Oh my love
Look and see
The sun rising from the river
Nature's miracle once more
Will light the world

But this light is not for those men
Still lost in an old black shadow
Won't you help me to believe
That they will see

A day
A brighter day
When all the shadows
Will fade away
That day I'll cry
That I believe
That I believe

Oh my love
High above us
The sun now embraces nature
And from nature we should learn
That all can start again
As the stars must fade away
To give a bright new day


MP3 aqui.

Colarinhos

Do que eu gosto é de gajas que têm pernas até ao meu pescoço.

quarta-feira, dezembro 14, 2011

Drive


A banda sonora do ano.

O filme do trimestre.

Janelas de tempo

Uma das minhas maiores fantasias é um casal de lésbicas perguntar-me as horas e ser um quarto para as duas.

In utero

O ex da minha miúda vem cá ao bairro este fim-de-semana para lhe fazer uma visita de médico.

Só espero é que esse médico não seja um ginecologista.

terça-feira, dezembro 13, 2011

Feudalismos

Descobri um novo continente no meu mundo.

Chama-se Dubstep. Vou colonizá-lo com todas as psicoses que fazem a parte execrável da minha pessoa.

sábado, dezembro 10, 2011

One dubstep at a time




Let's go!

What's the problem
Why can't you relax?
Inside hating on everything that makes me mad
Love is scary and love is to blame
Guess I'll lose you and that is a shame
'Cause I'm over you

Let's go!

I'm taking over
I won't be lead astray
Life doesn't last long
I gotta get away

The solution I try to reveal
But the question is how can you really be healed?
Hate is scary and hate is to blame
God, I need you and that is a shame
'Cause I need you

Let's go!

I'm taking over
I won't be lead astray
Life's doesn't last long
I gotta get away

Gotta get away
Can't, can't get away
Gotta get away
Can't, can't get away
Gotta get away
Can't, can't get away
Gotta get away
Can't, can't get away
Gotta get away
Can't, can't get away
Gotta get away
Can't, can't get away
Gotta get away
Can't, can't get away
Gotta get away

Let's go!

I'm taking over
I won't be lead astray
Life's doesn't last long
I gotta get away

sexta-feira, dezembro 09, 2011

O preço a pagar

Material em construção

Natal: a única altura do ano em que eu vivo para o presente.

quarta-feira, dezembro 07, 2011

Os extremos da tecnologia de ponta

Um tipo sabe que está a ir para velho quando ainda se lembra do tempo em que a mensagem de Deus não era uma SMS.

Oportunismo

Não me adianta de nada virar a página enquanto continuar a ser um livro aberto.

Tirocínios

Tenho a escola da vida.

Infelizmente, é a primária.

Pedestrianismo

Olhando apenas para a constituição física, acho que a única coisa que um maratonista queniano precisa de fazer para se despir é parar de correr.

terça-feira, dezembro 06, 2011

Pré-histórias

O maior lagarto que já caminhou à face da Terra?

Estou indeciso entre o sismossauro e o Peyroteo.

Taça de Portugal

O Sporting já está nos quartos. É assim tipo o que um rico espera das putas finas.

segunda-feira, dezembro 05, 2011

Agentes

Para mim, "contracenar" é dizer que não a cenas.

"Na Holanda e na Susana? Já lá estive."

Os amigos são para as ocasiões e para três das minhas ex-namoradas.

Balurdos

O único ponto a favor dos relógios de sol é o facto de se acertarem sozinhos.

Malfazejos

Para os benfiquistas, uma mulher é apenas um encontrão contra a maçaneta de uma porta à espera de acontecer.

Governos

Tenho de deixar de arregaçar as mangas.

Sempre que o faço, sinto que estou a dar falsa esperança de que a seguir vou fazer qualquer coisa de útil.

Boleios

Um matemático arredonda para cima e para baixo.

Um gordo arredonda para os lados.

Recreios

Penso mais vezes na morte da bezerra do que na do meu pai.

Contemplações

A minha maior proactividade manifesta-se na geração de inércia.

Os termos da matéria

Não interessa quão alto ergo este meu muro de auto-preservação: uma parede de cartão continua a ser uma parede de cartão.

sábado, dezembro 03, 2011

Contracções

Ontem adormeci tão irritado que a minha hostilidade acordou a meia da noite com cãibras.

Semelhanças

Sou muito parecido de cara com o meu pai.

Especialmente na parte dos poucos amigos.

Vexilologia

Dou tanta bandeira que qualquer dia tenho um país só meu.

sexta-feira, dezembro 02, 2011

Somnu

À Bela Adormecida puseram-na a dormir com uma maçã.

Ao meu primo bêbado foi com uma pêra.

Aspectos

Se escondo a minha outra face é apenas porque me sinto emocionalmente desfigurado.

Desenganos

A Luz é fogo que arde sem se ver. Da minha casa, pelo menos.

O lobo mau da experiência de vida

Uma relação é como uma casa.

E antes de ti, sentia-me a morar na do primeiro porquinho.

quinta-feira, dezembro 01, 2011

Rasgos e remendos

Finalmente: a première por inteiro do novo álbum.

E vão dez álbuns. Dez Mandamentos.
E este último do "Não cobiçarás as cenas dos outros" é dançável sob o efeito de drogas e tudo.