Chouriço

Chouriço is a spicy portuguese smoked sausage, made with pork meat, pork fat, wine, paprika and salt, stuffed into tripe (natural or artificial) and slowly dried over smoke. It can be served as part of a meal or used as a dildo.

terça-feira, agosto 25, 2015

Noetes

Sexta. Eu e tu. Chá das cinco. Porque tu sabes o quanto eu gosto de tea...

segunda-feira, agosto 24, 2015

Gafeiras

Quando julgarem que me derrubaram, desenganem-se: aprendi com os meus gatos a cair sempre de pé.

sexta-feira, agosto 21, 2015

Someone who can't sacrifice anything can never change anything. In order to defeat a monster, you must be willing to throw aside your humanity.

terça-feira, agosto 18, 2015

A maioridade e a maturidade

Ele há demasiadas gajas que mudam de opinião como quem muda de cuecas.

Razão pela qual vou passar a engatar só as que eu claramente veja que, debaixo da saia, não têm roupa interior.

segunda-feira, agosto 17, 2015

Perspectivas

Existem duas formas de ver a minha desilusão: frente a frente, quando me olho ao espelho, e de cima para baixo, quando com desdém te encaro.

sexta-feira, agosto 14, 2015

Percuciências

Para o ex da minha vizinha da frente estar a bater-lhe à porta há vinte minutos e ela ainda não o ter atendido, é porque ele só pode estar a bater mal.

Sinfonias

Acordei, compus-me, afinei-me, e agora sou música para os teus ouvidos.

Aspas aspas

No Clube das Virgens, não há duas sem três. Nem sequer uma há.

As betoneiras e os rolos compressores assinalados

Seria absolutamente lírico se "Os Lusíadas" dessem nome à minha praceta, visto que aquilo também é toda ela uma grande obra que parece que nunca mais acaba.

quinta-feira, agosto 13, 2015

Cozinhas de autor

Quero-te nua e crua, pois a minha ideia é mais logo deixar-te toda assada.

quarta-feira, agosto 12, 2015

Pugilos

A vida é feita de escolhas e de entretantos. E de entretantos, a tua escolha recaiu em mim.

Carochinhas

Sempre que não souberes porque te narras dessa forma, lembra-te que é porque passaste à história.

quarta-feira, agosto 05, 2015

Impessoalidades

Todos os jogos se jogam no presente.

Excepto o bilhar. Esse é no infinitivo.

terça-feira, agosto 04, 2015

A platina e o irídio

Consigo compreender o pesadelo da Matemática e os horrores materializados em suores frios que ela despoleta. Especialmente se fores do sexo masculino e o problema envolver o sistema métrico.

Nenhum homem quer falhar numa questão de centímetros.

segunda-feira, agosto 03, 2015

Trovadorismos

Assisti a um poetry slam em Sintra onde um dos participantes, no final de todas aquelas rimas fáceis pejadas de anglicismos e sem qualquer estrutura interna, deixou cair o microfone num gesto assim meio à patrão.

Aparentemente, para esta gente que usa boné e óculos escuros às onze da noite ter estilo é o contrário de ter força nas mãos.

Despautérios

Pausa para o café.

Quinze minutos a ouvi-la matraquear sobre o valor exorbitante que lhe cobraram pelo jantar de ontem, e no problema que depois houve com o troco e a gorjeta, e nos quase dez euros que ela arrotou por umas míseras horas de carro no parque.

Não é o desperdício de tempo a ouvir a aborrecida indignação de outrem que ali me marfa e grifa a paciência.

O que verdadeiramente me irrita é eu falhar em perceber que parte daquela história foi a impagável.